DICAS QUENTES HISTÓRIAS OUSADAS E SEM UM PINGO DE VERGONHA PRA VOCÊ CONFERIR.

#1

MELHOR POSIÇÕES
DEBAIXO DA ÁGUA

Ah, o verão! Tudo esquenta, inclusive o clima. Mas pra não ficar transpirando litros e passar um calorão, que tal aproveitar e experimentar lugares e posições que vão deixar todo mundo (literalmente) molhadinho?

Você vai relaxar em dobro com esse “aqua sutra” que preparamos cheio de dicas gostosas e infalíveis para fazer sexo dentro da água. Dá só uma olhadinha.

Na Piscina

Piscinas são incríveis para esses momentos. Elas têm várias vantagens como um maior espaço para ser aproveitado e o casal também pode flutuar na água e variar as posições.

Tem piscinas com escadinhas de alumínio que podem ser usadas para a mulher sentar enquanto o homem fica em pé. Se rolar uma escada na própria piscina, também dá pra brincar de sentar ou deitar nos degraus.

Dentro da piscina, seja no meio ou encostados na borda, use bastante a imaginação. Faça de frente, de costas, com as pernas “abraçando” o parceiro... o que o momento “exigir” do casal.

Já a borda é incrível para o sexo oral. É só sentar bem na bordinha enquanto o outro fica dentro da piscina e é prazer na certa. Mas também brinque de costas e apoiando metade do corpo na borda, ficando de quatro.

Agora, uma das posições mais legais e diferentes é flutuando. Experimente colocar uma boia comprida atrás dos braços pra flutuar enquanto o homem começa a penetração. É uma sensação libertadora, pode apostar.

Na Banheira

Existe um mundo de posições pra vocês brincarem na banheira. Uma das mais gostosas e mais preferidas posições é o clássico de quatro, feito apoiando na borda ou no fundo. Só tome muito cuidado para não escorregar, ok?

Mas não para por aí. Dá pra mulher sentar no colo do parceiro tanto de costas quanto de frente, mantendo contato visual. Também rola dar aquela abraçada com as pernas que todo mundo ama.

#2

Tipos de Orgasmo feminino
e como alcançá-los

Sim, existem vários tipos de orgasmo e isso é maravilhoso. Afinal, ninguém pode ou precisa sentir prazer igual a todo mundo. Vem cá conhecer as várias formas de conquistar esse prazer maior que é o orgasmo. E é claro, treinar bastante pra ter todos eles!

1 - Vaginal

Intenso, prolongado e raro. Geralmente, o orgasmo vaginal não é dos mais intensos, mas não deixa de ser incrível. Pra alcançar essa maravilha, a penetração ou masturbação com dedos/vibradores é essencial. Mas é claro, nada impede que umas boas preliminares não ajudem a chegar lá também.

2 - Clitoriano

Imagine um botão mágico capaz de proporcionar várias sensações de prazer no corpo. Esse é o clitóris. Lembrando que não adianta “apertar” esse bonitão de qualquer jeito, tem que saber a hora certa e como. É aí que a “mágica” acontece. Tudo isso é por causa das mais de 8 mil terminações nervosas que o clitóris tem. Quando elas são “ativadas”, a sensação de eletricidade percorrendo o corpo é um tipo de prazer incrível. Orgasmo, é por esse nome que a gente conhece. O lance todo está nos movimentos. Circulares, vai-e-vem, pressionar, relaxar, tudo isso pode excitar e te deixar doidinha.

3 - Orgasmo do mamilo

O estímulo dos seios é a segunda forma mais comum de uma mulher chegar ao orgasmo, e isso é possível devido à liberação de oxitocina (um dos hormônios do prazer). Daí você deve estar se perguntando: mas como dá pra chegar nesse clímax gostoso e sem igual? Experimenta pedir pro (a) parceiro (a) passar os dedos em torno do umbigo, subindo até os seios e depois em volta dos mamilos. Nada de ir direto ao ponto, o lance todo é a provocação. Ah, e é claro, também dá pra fazer sozinha, sempre.

4 - Orgasmo do Ponto G

Às vezes (só às vezes), é preciso dar um descanso pro clitóris. Nada melhor do que ter um orgasmo no ponto G ou zona AFE (Anterior Fornix Erotic – entrada erótica anterior) nesses momentos. Mas não é tão simples chegar até a AFE. Ela é uma área esponjosa e macia que fica dentro da vagina e pode ser alcançada com o dedo, vibrador ou pênis. E aí vai um segredinho: tente a penetração em um ângulo de 90 graus. Além disso, você pode ser surpreendida com uma explosão repentina de umidade. Esse líquido é o squirt, e é similar à ejaculação masculina.

5 - Orgasmos Múltiplos

O nome já diz tudo. É uma sequência de picos de um prazer intenso, como se o orgasmo não parasse e o clímax chegasse ao seu ápice. É mais fácil ter orgasmos múltiplos quando a mulher se envolve em uma variedade maior de atos sexuais (sexo vaginal, sexo oral, masturbação). Mas o melhor mesmo é prestar bastante atenção em tudo que a gente falou sobre os outros tipos de orgasmo acima e treinar bastante. Assim fica muito mais fácil ter orgasmos múltiplos.

#3

dicas para
um 69 incrível

O 69 pode ser uma das posições mais prazerosas durante o sexo, mas existem alguns truques para que ele seja ainda mais gostoso e melhor aproveitado.

A posição exige certa concentração, pois com ela você dá e recebe prazer ao mesmo tempo. Por isso, começar a transa com o 69 pode não ser tão legal. Experimente “preparar o terreno” brincando com os dedinhos e até com um oral tradicional pra deixar o clima bem quente.

Prestem muita atenção:

Não é hora de conversa, é hora de pegada. Praticar o 69 exige posições que não favorecem as safadezas que todo mundo gosta de falar e ouvir. Se concentre na pegada e nos movimentos e mantenha sempre a boca ocupada com “outra coisa”.

Já a língua tem que ficar bem solta e os movimentos devem ter a velocidade sempre alternada. Nesse momento, fique com os ouvidos ligados para ouvir a reação do (a) parceiro (a), isso ajuda a decidir se aquele movimento está agradando ou se você pode partir pra outro.

Mas o melhor de tudo no 69 é que você pode explorar o corpo do outro (sempre com consentimento, é claro) de várias maneiras. Pode usar brinquedinhos, as mãos, estimular o ânus... é só não colocar o nariz onde não é chamado (a), se é que você me entende.

Falando de posições, não é regra que a mulher fique sempre por cima (no caso de uma relação heterossexual), mas é mais confortável pra ela, já que existe um espaço maior pra movimentar a cabeça. E é claro, pode colocar a criatividade pra funcionar e mudar as posições fazendo de ladinho, no sofá, arriscando de ponta cabeça e até em pé. Tudo é válido.

E não esqueça:

Invista nas camisinhas Blowtex com sabor. Tem de menta, morango e tutti frutti pra vocês se deliciarem. Nessas horas a proteção também é necessária, ok?

Por último e não menos importante:

Se gozar primeiro, não pare. Afinal, desde o começo a gente avisou aqui que o 69 é para dar e receber prazer mutuamente, então sem trapaças hein?

Chegou a hora de praticar. Vamos lá?

#4

Desvendando
o Sexo Tântrico

Provavelmente você já deve ter ouvido falar nos milagres que a massagem tântrica pode trazer para a vida sexual tanto individual, quanto para a de um casal. O que nem todo mundo sabe é que essa técnica vai muito além de uma simples massagem sensual.

A massagem tântrica veio da Índia e tem como principal objetivo promover o autoconhecimento, a evolução espiritual e uma maior conexão com o seu prazer. Podemos dizer que é uma visão terapêutica dos seus orgasmos.

Porém, para praticá-la é muito importante se despir de preconceitos, relaxar e deixar que o corpo mostre o que ele pode fazer e receber. É interessante aprender a técnica com terapeutas que possam te ensinar mais profundamente sobre, mas você também pode se iniciar no tantra com algumas dicas básicas e depois aproveitar os ensinamentos na cama com o (a) parceiro (a).

Mas como posso fazer essas maravilhas?

Primeiro, é importante ressaltar que o ideal é que você pratique pelo menos 1 dia da semana. O mais recomendado é que seja na parte da manhã, após uma boa noite de sono.

Tudo começa com a respiração em conjunto. Inspiração profunda e expiração bem relaxada, até que ambos cheguem no mesmo nível energético, sempre olhando uns nos olhos dos outros e com a concentração voltada para esse momento. Em seguida, deite o (a) parceiro (a) e comece a massagear zonas erógenas. Deixe essas partes do corpo mais sensíveis através de toques suaves e relaxantes por pelo menos meia hora. Ou seja, é preciso ter paciência, a pressa é a maior inimiga de uma boa massagem tântrica.

Em seguida, provoque. Provoque arrepios e tremores, sentimentos excitantes através de afeto, energia, toques, carinhos que se você sabe que enlouquecem seu amor. Não use apenas as genitais, o corpo inteiro é um grande órgão sexual.

Para que a massagem tântrica a dois (ou mais, quem sabe) seja cada vez melhor, é importante criar rituais amorosos que fortaleçam a relação e a intimidade, como tomar banho juntos, vestir uma roupa especial sem nenhum motivo específico, escolher um perfume ou hidratante que estimule a sexualidade, etc.

Mas o melhor de tudo é que além de fazer todo esse “reboliço” na hora das relações sexuais, o sexo tântrico também traz benefícios para a saúde. A prática auxilia no combate à ansiedade, ejaculação precoce, disfunção erétil e até ajuda a amenizar sintomas de depressão.

E aí, depois dessas dicas que tal experimentar sexo tântrico hoje mesmo?

#5

Fetiches e Fantasias
e mais comuns

Todas as pessoas possuem pelo menos um fetiche ou fantasia sexual. Alguns mais comuns, outros mais excêntricos e às vezes até um pouco bizarros. De vez em quando são realizados, às vezes ficam só na imaginação e na vontade. Mas agora, a gente vai contar pra você alguns desses fetiches e dessas fantasias mais populares. No final, você pode se empolgar pra realizar os seus e os do seu (sua) parceiro (a).

Mas antes de mais nada, é preciso entender a diferenças entre essas duas coisas. A fantasia sexual é um lance mais mental, que envolve mais a imaginação e as suas vontades e não quer dizer necessariamente que elas possam ser realizadas.

Já os fetiches são a materialização dessas fantasias e essas realizações geralmente não são fiéis ao que a imaginação desenhou. Podem ser um desastre? Podem. Mas também podem ser ainda melhores do que se pensava.

Uma parte do corpo, uma situação, um lugar, uma roupa, tanta coisa que habita nossa cabeça pode ser usada para instigar e excitar. Dê uma olhadinha nas fantasias e fetiches mais comuns são os seguintes:

Voyeurismo

Quem aqui já não deu aquela espiadinha “pela fechadura”, não é mesmo? Mas o voyeurismo vai muito além disso. Nele, o verdadeiro prazer está em apenas observar atos sexuais, podendo ser do seu próprio parceiro (a) com outra pessoa ou observando desconhecidos por aí.

Ménage a Trois

Talvez esse seja a fantasia mais comum e mais praticada: transar com mais de uma pessoa ao mesmo tempo, seja do mesmo sexo ou não. Mas para o ménage acontecer da maneira mais gostosa, é muito importante focar na reciprocidade e respeito com todos os envolvidos. Afinal, é pra todo mundo sentir prazer, certo?

Sadomasoquismo e Submissão

Essas “taras” geralmente são menos assumidas, apesar de serem muito praticadas. Isso acontece por muitas vezes envolver prazeres ligados à dor e que submetem parceiros a humilhações diversas como pisar, amarrar, mandar, etc. Geralmente, as pessoas ficam com vergonha desses gostos, digamos, peculiares.

Mas se a coisa toda acontecer com prazer e respeito, tá valendo.

Roupas e Fantasias

Não é novidade pra ninguém que roupas instigam e excitam as pessoas. Mas o fetiche aqui é outro. É, literalmente, de fantasias que estamos falando. Aquela de coelhinha, policial, bombeiro, diabinha, enfim. Muitas pessoas curtem, além da roupa, um teatrinho, uma história, uma encenação pra deixar tudo ainda mais criativo.

Além desse tipo de fantasia sexual, não podemos esquecer de falar sobre as roupas de couro e de látex que mexem com a cabeça de muitos por aí. Sapatos, corpetes, calçaz, máscaras, luvas... é, tem de tudo um pouco!

Sexo com estranhos

Mesmo com tanta informação e liberdade, o sexo casual com estranhos ainda é um tabu pra muitas pessoas. Mas isso não quer dizer que elas não pratiquem. Isso acontece muito através de aplicativos e em lugares como bares e baladas. Porém, a gente sempre precisa alertar por aqui que todo cuidado deve ser tomado sempre. Nunca deixe as fantasias à frente da sua segurança, combinado?

Sexo em lugares públicos

Apesar de muita gente fantasiar e ser adepta dessa prática, transar em lugares públicos é proibido. Talvez seja por isso que o frio na barriga e a excitação que proporciona leva tantas pessoas à loucura seja na rua, nos carros, em banheiros e etc.

Striptease

Esse é um grande fetiche tanto pra quem faz quanto pra quem assiste. Quem faz gosta de ser desejado (a), admirado (a) e de instigar. Quem vê, se excita com cada movimento e cada peça de roupa que vai ao chão.

Bondage

O bondage provavelmente é uma das práticas mais diferenciadas aqui. Ele consiste em amarrar e imobilizar (ou ser amarrado e imobilizado) com cordas e ataduras eróticas. A técnica vai muito além de usar algemas ou lenços durante a relação, pois o bondage não envolve sexo com penetração. O tesão está no controle, em poder fazer o que quiser com o parceiro ou estar suscetível a isso.

Mas não se esqueçam, tudo deve ser com consentimento, saudável e seguro.

Swing

O swing é basicamente a troca de casais. Ou seja, você e seu (sua) parceiro (a) convidam outros casais para participar do sexo. Parceiros costumam fantasiar bastante com essa prática, que ajuda a sair da rotina e do tédio, além de fortalecer a intimidade, porque não, até a amizade. O swing tem até lugares específicos para seus adeptos, mas nada impede que vocês programem uma “festinha” em casa também.

FACEBOOK

De voyeurismo a swing, passando pelo sadomasoquismo e por sexo com estranhos. Conheça alguns dos fetiches e fantasias mais comuns e, é claro, conta pra gente se você curte algum deles: (link do blog)

Imagem: pessoas com fantasias na rua

Texto da imagem: Fetiches e Fantasias Mais Comuns